30 de agosto de 2012

Versão Americana: A Tragédia Feita em Street Fighter II

Enfim, depois de um tempinho sem nada pra postar, um especial inteiro de Megaman X e uma postagem feita por um amigo...

AQUI ESTOU!!!

*Aplausos*


Aproveitando que exatamente hoje é aniversário de 25 anos da melhor franquia de jogos de luta de todos os tempos, venho aqui fazer uma postagem diferente.


É sobre um "problema" encontrado nas versões americanas da franquia de jogos de luta que mais amo nesse mundo.

Sim, Street Fighter, e pra variar, é o II.

E toda vez que falamos de jogos japoneses que caíram nas mãos dos americanos temos a seguinte reação:


Não pra pra pensar diferente do Guile quando lembramos de estragos feitos pelos descendentes do tio Sam, o que mais me irrita é que não basta apenas traduzir.

ELES SEMPRE ALTERAM, E ISSO É UMA BOSTA!

Por que não deixar a porra do jogo do jeito que foi feita, se for pra xingar, que xinguemos quem produziu o jogo e não os malditos tradutores ocidentais.

Mas voltando à Street Fighter...

Primeiramente, quero falar que eu considero todas as versões de Street Fighter II um jogo de luta bom, claro.

Mas nada além disso....

Já devo ter falado em alguma postagem e com meus amigos eu já falei mutias vezes, mas a questão é:

SE DEPENDESSE DE STREET FIGHTER II EU JAMAIS SERIA FÃ DA SÉRIE.

E por que ??? Ora pombas.

Por que é um jogo simples. Ele é foda eu sei e tudo mas ainda assim muito simples e seco. Sem muitos personagens e por mais que as suas milhões de atualizações tenham evoluído ainda vejo como um jogo simples.

Mas vamos ao problema em questão...

As frases do Street Fighter II são muito TOSCAS, quando se joga o jogo americano, até mesmo eu e meus amigos (incluindo o Dipaula, que fez a postagem sobre os antagonistas marcantes dos games) vivíamos rindo por que nós acreditávamos que Street Fighter só aprofundou, mesmo que (muito) pouco, seus personagens na série Alpha e só manteve isso no III e no IV, mesmo que não tão bem usado. Mas manteve.

Mas eis a surpresa. Um amigo me mandou um link que tinha as frases do jogo japonês traduzido.

E acreditem... as frases não eram retardadas e completamente sem sentido.

Na verdade, algumas eram boas até demais pras suas épocas.

As americanas são tão ruins, que chegamos a pensar que os personagens são retardados...

Querem uma prova ? Pois bem, irei dar a vocês bons motivos pra concordarem comigo.

Começando com o amigo que na foto acima estava decepcionado:


Guile: "Are you man enough to fight me?"

Que traduzindo...

"Você é homem/macho o bastante pra lutar comigo?"

Sério mesmo... quem liga pro quão macho um cara que acabou de perder pode ser... ele poderia ser o mais macho de todos os tempos, isso é frase pra início de luta e não final... apesar de imbecil, no começo da luta ela poderia funcionar.

E agora pegamos uma oriental traduzida...

Guile: "Battle is a heartless thing. But I couldn’t lose just for that."

E traduzindo temos...

"Batalha é uma coisa impiedosa. Mas eu não poderia perder somente por isso"

Sentiram a diferença ?

Notavelmente, temos um cara melancólico que luta por vingança do seu amigo (Charlie/Nash), e  só sentimos isso pela primeira vez jogando com ele em Alpha 3 e depois no IV. Mas essa ideia é bem antiga.


E também temos outro exemplo MUITO clássico. E estou falando do mascote da série.


Ryu:"You must defeat my dragon punch to stand a chance!"

A tradução é:

"Você deve derrotar meu punho do dragão pra ter uma chance"

Olha, essa frase por mais doente que seja, foi até melhorada, por que a primeira lançada tinha "Sheng Long" no lugar de "Dragon Punch" e isso estragaria a frase ainda mais... mas em Alpha 2 e 3 entendemos a pequena profundidade de Ryu como lutador que luta por gostar e não pra vencer...

E então na versão japonesa do SFII temos essa como prova do início de sua ideia como lutador.

Saquem só a diferença.

"There are guys stronger than even I out in the world. You ought to toss that poor self-esteem."

E a tradução:

"Existem caras mais fortes que eu no mundo lá fora. Você deve superar essa sua baixa autoestima"

Apesar de não gostar muito do Ryu, eu simpatizo com sua ideia de lutar por gostar, e não por vitórias, e isso é claramente notável, ele mostra ao vencer que perder não é motivo de vergonha e sim de aprendizado.


Outro problama notável, foi com Chun-Li.


Vejamos:

Chun Li: "I'm the strongest woman in the world!"

E ao traduzir:

"Eu sou a mulher mais forte do mundo!"

Confesso que não gosto dessa frase, e acho ela idiota, mas a que originou essa é...

"Don’t take me lightly just because I’m a woman! It’s a shame, really, but I’m the best martial artist in the world!"

E quando traduzimos...

"Não pegue leve comigo por que sou uma mulher. É uma pena, realmente, mas eu sou a melhor artista marcial do mundo"

Ela não separa e nem fica falando coisas como "mulher mais forte". E sim que é a mais forte, ela não se divide em subcategorias. Ela diz ser a mais forte e pronto.

Isso mostra o quanto americanos vulgarizam a imagem feminina, transformando ela numa "exceção"... tentando mostrar que ela é forte e mesmo somente entre as mulheres.


Agora outro que foi terrivelmente prejudicado foi Blanka, e vejamos.


Blanka:"Seeing you in action is a joke!"

Traduzindo:

"Ver você em ação é uma piada..."

Olha só, vamos questionar isso. Primiro por ser a ÚNICA frase de Blanka em SFII...

E pra piorar tudo é uma BEM IDIOTA.

Não só por ser algo totalmente seco e sem sal mas sim por ser um cara da floresta, sem qualquer orientação falando isso, pense comigo... ele viveu na floresta. Só o fato dele FALAR já é absurdo. Imagina compreender de fato que ele entenda que a pessoa é uma vergonha como lutador ou não.

Aposto que entre as (poucas) palavras do pequeno dicionário de Blanka, aposto que "vergonha" e "piada" não estão incluídos...

Tudo bem que estamos questionando um jogo de luta onde o gameplay é mais importante que tudo, mas por favor, se o personagem tem um contexto, que ao menos ele o respeite.

E quando vemos as frases japoneses... vemos algo super legal assim:

"I let you cut my flesh so I can sever your bones. This is the law of the jungle!"

Tradução:

"Eu deixei você cortar minha carne para que eu possa dilacerar seus ossos. Essa é a lei da selva!"

Tá vendo... a diferença é óbvia. Ele não ridicularizou o perdedor, mas simplesmente mostrou o contexto no qual ele vive, que é de um cara da floresta...

E frases desse tipo no Blanka só seriam usados em Alpha 3 e SFIV... Mas elas já tinham esse princípio no SFII, que os americanos carinhosamente nos fizeram o favor de tirar.

Oh vida cruel...

E querem saber se tem mais arrombamentos anais feitos com os personagens ?????

Claro que sim... Afinal de contas, estragar pouco é bobagem.


Vejamos o que fizeram com Ken... um dos meus personagens favoritos por sinal.


Ken:"Attack me if you dare... I will crush you."

E quando traduzimos temos algo como:

"Me ataque se ousar... Eu irei esmagar você."

Se você parar pra pensar não é uma frase ruim... mas quando entendemos o propósito do personagem fica difícil ascimilar essa frase à Ken.

Principalmente levando em conta que ele é o "bobão" do jogo, o cara que faz piadas e sacaneia mesmo. E diga-se de passagem, com os conhecimentos atuais do que é Street Fighter, essa frase se encaixaria perfeitamente em M. Bison.

E quando pegamos uma de Ken japonesa olhe o que temos.

"Hey, hey, that’s still too fast to lose!!"

E vejamos a tradução:

"Ei, ei, ainda é muito cedo pra perder!!"

Tá vendo... Nunca pensei em dizer isso mas naquela época o Terry como "americano piadista" era a melhor opção.

E não me xinguem, eu gosto do Terry.

Fica complicado dar credibilidade à americanos depois disso, e pensar que eles mesmo estragaram um estereótipo feito com base neles...


Agora vamos à um dos mais prejudicados, que é o Vega.


Vega:"Handsome fighters never lose a battle."

Traduzindo:

"Lutadores belos nunca perdem batalhas."

Falando sério, por mais narcisista que ele seja...

Só isso não basta, é muito imbecil essa simples fala. Deveria haver ao menos um pouco mais de estilo...

Estilo ? Ah sim, deixa eu pegar uma frase japonesa dele.

"Victory itself is beautiful. Being torn by me is only natural!!"

E quando traduzimos temos:

"A vitória em si é bela. Ser rasgado por mim é simplesmente natural"

A diferença é tão sinistra que a primeira impressão da frase americana é de um cara que no mínimo frustrado e se esconde se achando o bonitão, enquanto na japonesa entendemos de primeira o contexto de "pessoa narcisista".

E certamente do quão habilidoso Vega pode ser, ainda mais como ninja que é.

O mesmo ocorrido de Ryu e Blanka, e todos os outros, a personalidade de Vega só fica REALMENTE clara do Alpha 3 em diante, e em alguns casos no Alpha 2.


Conluindo...

Isso mostra a prepotência dos americanos em alterar roteiros e personalidade dos personagens acreditando que existe uma espécie de "padrão" pras coisas.

E é frustrante jogar o Street Fighter II e todos os personagens na versão americana serem arrogantes e provocadores. E outro fator, é que os americanos colocaram duas frases pra cada um, sendo que a segunda demora pra aparecer e alguns personagens como Blanka só ganharam uma...

E todas são uma merda, nenhuma delas te transmite a ideia do personagem.

Mas dá certo alívio saber que desde World Warriors, passando por Champion Edition e The New Challengers, todos os personagens já tinham uma média de 4 a 5 frases e sua grandiosa maioria era completamente compreensível com a personalidade do personagem.

Dê uma olhada nessa capa horrível. Adivinhe se ela é oriental ou ocidental ?

E quando pensamos no que os americanos fizeram com Street Fighter removendo sua personalidade presente nos primeiros jogos da série era ruim...

Os fãs de série puderam testemunhar o nível de destruição dos brasileiros.

Principalmente quando me lembro que pegaram isso:


E transformaram nisso:

...

...

...

Pois é, de repente a falta de personalidade parece uma coisa melhor. Dá pra perder a fé na humanidade facilmente depois de uma dessa...

Mas é sempre uma merda ver como os americanos estragam um jogo...

E isso é irritante, por que não somente jogos de luta e suas frases de vitória assim como RPG's, jogos de ação, e muitos outros foram prejudicados.

Mas olha, RPG's são os mais sofridos... por que são jogos onde jogabilidade e história devem caminhar lado a lado.

E poucos exemplos como Final Fantasy IV e VI que no Super Nintendo tinha uma tradução de merda, Secret Of Mana também que todos os japoneses apontam dedos e dão gargalhadas daqueles que jogam a versão ocidental, e principalmente Revelations: Persona.

Afinal de contas, esse foi especialmente castigado, onde a história mudou até mesmo a localização dos eventos, personagens, personalidade...

E essa capa que o Sagat parece que comeu lanche do Bob's estragado. Feita por quem mesmo ?

Isso quando também não alteram a dificuldade do jogo, normalmente aumentando ela, por considerarem americanos "melhores jogadores", alegando claramente que eles estão níveis acima de jogadores de outros países.

O melhor exemplo disso é Streets Of Rage 3 de Mega Drive que é frustrantemente difícil, enquanto Bare Knucle III (a versão original japonesa) tem lá sua dificuldade mas não é aquele jogo que te desanima pela dificuldade. E Street Fighter como sempre também recebeu esse "presentinho" dos americanos.

Mas isso é assunto pra outro dia...

Zangief ao ler as frases dos amigos e descobrir que elas em japonês tem sentido.

E todas as frases traduzidas das versões de Street Fighter II japonesas foram tiradas nesse site.

Basta clicar no link pra ver o site com todas já traduzidas pro inglês.

O que me entristece nesse aspecto é que toda vez que jogo um jogo em inglês, eu fico com pé atrás ainda mais se a história em algum aspecto não fizer sentido...

Mas fazer o que, no ocidente essa semente foi plantada. O jeito é lidar com isso...

11 comentários:

lucas freitas disse...

Cara muito fodastico, realmente, os americanos colocam as mãos em tudo e estragam tudo T-T

Shavian disse...

E nem vamos começar a falar de Megaman X4 e seus "yeah's" e "oooh's" e "What I'm fighting fooooor ?". Malditos americanos...
E não me faça lembrar da vozinha fina do X... Ora... Lembrei...
MALDITOS AMERICANOS!!!

Anônimo disse...

Dipaula- Final Fantasy 4 japonês- "Rosa ama mesmo você Cecil, ela se tornou uma maga branca só para protegê-lo."

Final Fantasy 4 americano: "Rosa se tornou maga branca para ajudar."

AAARRH!!!

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

grande post. quem diria que em japonês as falas dos lutadores eram mais legais?

Juninho! disse...

Verdade Leandro, tive grande impacto também.

Chega a desanimar de jogar os jogos americanos. Mas como entender riscos ainda não é possível, vamos usando o inglês mesmo...

Scariel disse...

Se for pra comparar estrago dos americanos, não se esqueçam do filme do Street Fighter.

Logan disse...

Street Fighter sempre foi controversa nesse assunto de orientais/ocidentais. Pior que isso só ferrando com o Brasil, onde o Blanka é retratado no game como uma
"aberração" e no (blargh!) filme como fruto de uma experiência militar! Em tempo: a citação ao Dragon Punch/Shen Long de Ryu em Street Fighter II, foi só para levantar suspeitas sobre o personagem secreto, que mais tarde viria a dar as caras nos games seguintes, mas isso vcs já sabiam...
Abraço!

Juninho! disse...

Esse Shen Long foi erro de tradução mesmo, a Capcom que aproveitou a brincadeira pra zuar com a gente e depois fazer personagem novo.

Maldita seja a Capcom, quando não trolla com atualizações, trolla na "história" do jogo.

A Capcom é uma arruaceira, sarnenta, pestilenta, gata polar. De fato!

charlie nash disse...

caramba muito fodastico o post , tipo eu jogo street fighter desdos 5 anos e meu pai tambem e fã , cara agente se divertia com ele traduzindo aquela merda de ffrases mostrando o quanto e ridiculo e_e
agora posso mostrar pra ele que os japoneses e que estvam erraados e_e

Eduardo disse...

Se fora falar em estragos,americano,o desenho era triste!
alguém lembra?
Nem chegava no pé do anime SSF V
os filmes sem comentários...
x.x

Adriano Erico Gonzaga disse...

Seu texto foi surpreendente! Não sabia dessa! É lamentável!