19 de fevereiro de 2014

Pepsiman (PlayStation) - Sim, Isso Existe!

"Que capa legal, esse jogo parece ser MUITO divertido" - Assim eles pensaram...
 
Todo mundo sabe que no Japão é um país de gente estudada, bem entendida de muita coisa, e lá se encontra o ápice da genialidade da robótica, microtecnologia, videogames e etc...

... mas lá também tem outra coisa que eles tem ao extremo! Muito ao extremo! A arte de ser bizarro.

No Japão ser bizarro às vezes é quase uma lei, é incrível como existem as duas coisas nesse país.

Será que existe alguma ligação sobre quanto mais bizarro mais inteligente?

Eu espero que não! E vamos em frente!

Pepsiman é um jogo retardado lançado no Japão... E eu sinceramente não consigo entender em nenhum instante porque fizeram um jogo de um homem-refrigerante.

Ceus, quando pareceu uma boa ideia?

Trata-se do maior caça-níquel de todos os tempos!

DE TODOS OS TEMPOS!

Pra quem não sabe, usa-se o termo "jogos caça-níquel" os jogos que tem o nome de uma franquia somente pra vender...

Eu tenho medo de descobrir como brotou essa ideia de sair correndo com um Homem-Pepsi.

Algo similar aos Final Fantasy X-2 ou Final Fantasy XIII parte 2, 3, 4, e como dá pra notar, chegaremos ao Final Fanatsy XIII-13 algum dia.

Assim como Street Fighter X Tekken, que infelizmente é um puta jogo meia boca, ou jogos de anime no geral porque são jogos preguiçosos e cada personagem só tem um mesmo comando e só existe um "jeito de jogar" pra todos...

Isso são jogos caça-níqueis. E Pepsiman eleva tudo isso ao limite...

Começando com ISSO, que por sinal é a abertura do game:


Essa abertura é realmente das coisas mais retardadas que eu já vi...

Cada vez que esse Majin Boo humano dá uma golada, toca uma musiquinha, que por sinal é a ÚNICA música do jogo... Guardem bem isso!

Depois disso, aparece um sujeito azul e branco correndo e a tela de Game Start e etc...

E quando o jogo começa é só isso. Você controla o incrível HOMEM-PEPSI!

Coletando latinhas de Pepsi pela cidade, correndo até uma máquina de Pepsi no final da fase pra poder pegar uma dela e tomar uma golada.

Mas porra, você pega mais de 20 bilhões de latinhas durante o jogo, por que não beber uma delas?

Por que um conceito TÃO IDIOTA do homem refrigerante beber refrigerante no final da fase se a única coisa que ele coleta durante o jogo é... justamente latas de refrigerante?

É. Não entendo! Tenho até medo de descobrir quem teve essa ideia.

De repente o jogo da Barbie do NES parece ter todo o sentido do mundo. Minha nossa, a que ponto o cara de Pepsiman chegou, à ponto de entendermos melhor um jogo da BARBIE?

Santa santíssima das santas.

As fases normais já são chatas e aí aparece essas que são ainda mais chatas...

O gráfico do jogo é medonho, e era em 1999, porra!

Em 1999 já tinha uma penca de jogos do PlayStation com um gráfico pelo menos decente, eles não pareciam um boneco de massa amontoado de quadrados montados de qualquer forma e em 3D.

Fico me peguntando o que uma empresa tem na cabeça pra fazer um jogo caça-níquel retardado sem um pingo de investimento. Eu duvido que 90% das empresas que produziam jogos naquela época tinham o dinheiro que uma empresa desse porte com toda certeza tem.

Parece que foi ideia de algum estigário que aprovou isso e ofereceram o MÍNIMO de recursos possíveis.

Andar, coletar latinhas, correr e pular... Parece TÃO DIVERTIDO...

Isso é tão verdade que o jogo só tem uma música, com leves diferenças aplicadas de fase pra fase com direito à uma delas que parece música de tokusatsu de leve e outra que lembra reggae... Mas essa única música modificada é tão ruim, que parece que vai arruinar seu cérebro e sua maneira de ver tudo!

E os programadores ao menos sabem que a música é ruim e ela simplesmente não repete, a música não tem um loop infinito, depois de uns 2 ou 3 minutos tocando, ela simplesmente... PARA!

Aí os únicos sons do jogo são os passos do personagem e o que acontece no cenário como coisas caindo pra te atrapalhar, móveis caindo do caminhão, garrafas quebradas, arbustos pra serem pulados, barras de aço que pulam mais alto que seu personagem... BARRAS DE AÇO QUE CAEM DE UMA ALTURA MÍNIMA E QUICAM NUMA ALTURA ABSURDAMENTE MAIS ALTA QUE SEU PERSONAGEM.

PELO AMOR DE ALBERT EINSTEIN, ONDE ESTÁ A FÍSICA DESSE JOGO?!?!

Cena muito comum, os comandos são péssimos e muitas vezes se cai "do nada".

O mais retardado é que cada fase acontece uma "coisa" com seu personagem, ele fica preso em lata de lixo e os comandos invertem, pega uma prancha que se usa NO CHÃO (e em linha reta algumas poucas cenas) e quando se pula mesmo que você pule mais alto que o ônibus (sim, sério) existe a possibilidade do jogo "entender" que você bateu mesmo pulando mais alto...

Coisa mal programada pra caralho mesmo!

Dignidade, cadê você?

O que mais me assusta é o fato de Pepsiman ser o mascote da Pepsi no Japão...

Japoneses e suas loucuras... Como sempre.

E ainda tem gente que reclama do Suda51.

O áudio é quase inexistente, e o pouco que tem é ruim, o gráfico é tosco, a jogabilidade é falha, a física é medonha, os comandos são simples e não tão fluídos como deveriam pra um jogo desse tipo e o conceito consegue ser pior que Final Fantasy 8 inteiro.

Minha nossa, e não é que isso realmente é possível?

Honestamente, esse vai pro hall dos Freak Games. 

"UHUL, VAMOS SURFAR NO ASFALTO GALERAAAAAA"

E eu estou pensando seriamente em falar de uns jogos de bosta assim por uns tempos, que tal? O próximo será uma surpresa um tanto...

... desconcertante.

Esse jogo não merece o "Enjoy" de cada final de jogo bom, o que posso indicar é:

PASSA LONGE DESSA PORRA!


A menos que você queira jogar pra rir. Vai depender do seu senso de humor!

3 comentários:

Ryu dos Brother disse...

Só vejo recalque pra cima do melhor advergame de todos os tempos!

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

nunca pensei em ver um post desse jogo.

eu não sei você Juninho, mas cara, aqui na minha rua, Pespisman é quase tão icônico quanto o Mario e Sonic juntos!!!

no bullshit!! não estou zoando!

tanto que a unica locadora que tinha esse jogo, pelo que me lembre era do seu Nal. e meu, os moleques faziam fila para jogar esse jogo. acho que esse é o tipo de game que a pessoa mais se diverte assistindo outro jogar do jogando. o povão fazia fila pra assistir e rir, era quase como ir ao cinema ver um filme de comédia

e as situações que o Pespisman se mete são no minimo nonsense total.

eu nunca joguei, mas que ria muito vendo os outros jogarem...aahhh sim. e o jogo era bem dificil, passar da primeira fase já era complicado, tanto que nunca vi ninguém zerar o game.

e de bizarices do Japão...ao menos esse é a UNICA lembrança cor de rosa que tenho.

http://imperialanimes.com disse...

muito bom